Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Maximizar o consumo de cosméticos por meio das embalagens é forte tendência para 2018

16 FEV 2018 - 00H00 | ATUALIZADA EM 16 FEV 2018 - 11H09

Oferecer mais economia e praticidade ao cliente pode ser fator crucial no momento de decisão da compra.

Com a crise econômica que per­durou por alguns anos no país, o comportamento do consumidor precisou se adequar à nova reali­dade, cortando alguns itens que já eram rotineiros ou escolhendo novos produtos e melhores ma­neiras de aproveitá-lo. Uma das adaptações foi no setor de higiene e beleza que, apesar de queda em vendas e faturamento, conseguiu se reinventar e apresentar outras opções ao seu cliente, uma dessas mudanças foram nas embalagens, com formatos mais econômicos e com menor desperdício.

A Euromonitor destacou re­centemente cinco tendências para o mercado de embalagem no Bra­sil, uma delas é a maximização do consumo. Segundo o instituto de pesquisa, os brasileiros estão mais ponderados no momento de es­colher seus produtos e preferem aqueles que possuem embalagens mais inteligentes, observando de­talhes como válvulas, local da tam­pa e vasilhame em que o produto pode ser totalmente aproveitado. A Euromonitor também destacou que as embalagens em formato pouches cresceram mais que as categorias mais tradicionais como vidro, metal e plástico rígido, com aumento de 10%.

Outro formato interessante ao consumidor é o squeezable, mode­lo que pode ser apertado e possui a tampa no final, o que garante que o produto inteiro seja usado. Outra boa opção são as embalagens com rótulos instrutivos que auxiliam o usuário a fazer o melhor uso ou refis que proporcionam economia na hora de comprar novamente o produto e são mais conscientes, pois descartam uma embalagem menor no ambiente.

De olho no comportamen­to dos consumidores, empresas de embalagens também vem se adequando para oferecer forma­tos inteligentes e que atendam às novas demandas. Exemplo disso é a Aptar, que possui um extenso portfólio de clientes nos segmen­tos de beauty e home care. Para maximização do consumo, a Aptar destaca dois produtos: o Proteo e o Cosm’in Personifica.

O primeiro é uma embalagem em sachê transportável de 50ml vol­tada a indústria varejista e projetado para atender categorias variadas de produtos de cuidados pessoais. “O Preteo é ideal para otimizar a expe­riência de compra dos consumido­res finais e acelerar o crescimento e a receita da marca com opções promocionais, incluindo pontos de compra, amostragem e merchan­dising. Também devido à flexibilida­de, toda a cadeia de suprimentos é impactada, pois conta com menor espaço para armazenamento e re­dução do peso da embalagem, que limita os custos de envio”, explica Mayara Caetano, coordenadora de desenvolvimento de mercado e per­sonal care da Aptar.

Cosm'in, lançamento da Aptar. 

A segunda é a voltada a em­presas que demandam um concei­to de embalagem que proporcio­ne conveniência aos usuários que necessitam reaplicar o produto diversas vezes ao longo do dia. O Cosm’in facilita o transporte e ar­mazenamento do produto e tam­bém sua reutilização, possibilitada pela tampa flip top. “É uma em­balagem perfeita para o estilo de vida on-the-go do século 21, que demanda praticidade, individuali­zação, comodidade e personaliza­ção. De manuseio simples, o sachê é voltado a categorias diversas dos segmentos cosméticos e personal care”, complementa Mayara.

Enquanto isso, a Antilhas, ou­tro nome forte no mercado de em­balagens, reforça que devido a boa aceitação do público pelas embala­gens pouches – muito comum no segmento de alimentação – a em­presa decidiu trazer esse conceito para a higiene pessoal, cosmética e perfumaria. “Apostamos em em­balagens presenteáveis em stand­-up pouche (SUP) que contam in­clusive com fechamento ziploc e opção com metalização. Uma no­vidade que foi utilizada como em­balagem presenteável reutilizável tanto no varejo, como em vendas diretas e que foi um sucesso de vendas”, conta João Elcio Luongo Junior, gerente comercial da unida­de Antilhas Cartucharia.

 João Elcio Luongo Junior, gerente comercial da unida­de Antilhas Cartucharia.

Outro insight da fabricante é a glamorização da embalagem e a possibilidade de reuso pelo end user. O diferencial na gôndola, aliado ao contexto presenteável com garantia de vida mais longa da marca através da embalagem - além do apelo sustentável pelo não descarte na natureza - for­mam uma equação positiva em relação ao pilar econômico.

Mirando em 2018, em que há previsões de melhora na econo­mia, é necessário continuar ofere­cendo novidades. “Sentimos uma retomada gradual da atividade econômica no segundo semestre, mas o cenário ainda projeta desa­fios para nossa indústria devido ao aumento dos custos das matérias primas, lotes produtivos menores e redução nos lead-times de entre­ga exigidos pelos clientes. Porém o consumidor não pode perder a percepção de valor agregado ao produto através da embalagem”, opina o executivo da Antilhas.

Embalagem especial da Antilhas para o dia dos namorados. 

Uma das apostas da empresa, ainda não muito explorada no mer­cado, são as embalagens com ho­lografia. “A nova tecnologia para impressão em verniz holográfico permite manter o valor agregado ao produto a um custo competiti­vo e com menos impacto no meio­-ambiente, por dispensar a lamina­ção tradicional sobre o substrato. Um dos grandes diferenciais do acabamento em verniz holográfi­co é a possibilidade de aplicação na área total da embalagem ou a registro”, explica Luongo Junior.

Já a Aptar desenvolveu uma tecnologia de spray com ativação até três vezes mais prolongada chamada EuroMist Heaven. O dis­pensador assegura maior cober­tura, fragrância uniforme e expe­riência sensorial, garantindo uma sensação ainda mais suave durante a duração do spray. A embalagem foi pensada para fórmulas à base de álcool e água. A solução conta com gesto de dispensa de maior cobertura que forma uma “fina névoa” e permite que menos par­tículas parem sobre uma área, dan­do uma sensação mais seca à pele.

A empresa também possui previsões para os próximos anos sobre tendências de embalagens, concluindo três grandes movimen­tos que vão impactar a indústria: conveniência, personalização e experiências sensoriais. “O mer­cado deve fornecer soluções que ajudem os consumidores a terem mais tempo para aproveitar a vida. Nossas pesquisas apontam, por exemplo, que as embalagens personalizadas e que facilitam o acesso ao produto vão se destacar ainda mais nos próximos anos. As marcas que criarem uma “aura de sensações” em torno dos seus pro­dutos farão com que sejam mais lembrados pelo consumidor, sain­do na frente dos concorrentes”, salienta o gerente comercial.

Mais produto, mais experiência
A Natura, desde 2013, inves­te em uma linha que possui muito das características citadas ante­riormente, sendo um dos pilares a possibilidade de utilização até a última gota: a linha SOU. Segun­do a empresa, a criação nasceu de um projeto inteligente que reduz materiais para gerar menos lixo, menos desperdício e menos im­pacto ambiental. O formato é úni­co para toda a linha, apenas com cores que diferenciam as catego­rias de produtos, facilitando a es­colha e criando uma identificação rápida e intuitiva.

O design utiliza 70% menos plástico e propicia 60% menos emissões de CO2 que a média das embalagens convencionais do mercado, além de gerar três vezes menos resíduo. “Há muitos anos incentivamos o uso de refis, vege­talizamos nossas fórmulas, usamos ingredientes de fonte renovável e valorizamos a biodiversidade bra­sileira. Temos compromisso com a redução das emissões de carbono e incluímos a tabela ambiental em nossos produtos.

Estudamos a cadeia de pon­ta a ponta para otimizar recursos, ganhar eficiência e reduzir impac­to ambiental em cada etapa do processo. Isso tudo também gerou uma economia no processo, o que nos possibilitou oferecer preços mais econômicos. Queremos de­mocratizar a sustentabilidade, am­pliar o convite a um novo consumo e oferecer toda a qualidade Natura para muito mais gente”, finaliza Fabiana Pellicciari, gerente de Ma­rketing de SOU da Natura.

Todas estas tendências de mercado e comportamento serão apresentadas na FCE Cosmetique, que acontece entre os dias 22 a 24 de maio de 2018, no São Paulo Expo. Credencie-se para o evento e tenha acesso a conteúdos exclu­sivos e de relevância para o setor.

Artigo realizado por: Comunicação FCE Cosmetique